sexta-feira, dezembro 31, 2010

OS SONHOS DE DEUS

OS SONHOS DE DEUS - Gênesis 31 a 50

Hoje é o último dia do ano de 2010, estamos entrando em um novo ano. Sempre que um ano novo se aproxima começamos a fazer planos, a sonhar.

Esta semana estava assistindo a tv e o filme José do Egito estava passando. Este filme me fez meditrar e chegar a esta devocional que escrevo.

O desejo do coração de Deus é que sonhemos seus sonhos, e um  exemplo de sonhar os sonhos de  Deus foi José do Egito.

Este homem foi privilegiado, pois em seu contato íntimo com Deus, seus sonhos eram os sonhos do Altíssimo. Mas a história não começa aí, tudo se dá com Jacó, seu pai, este é enganado pelo sogro, o qual entrega a filha mais velha Lia em lugar de Raquel. Jacó faz novo trato com seu sogro e ao fim também recebe a Raquel seu grande amor. Raquel dá a luz a dois filhos, José e Benjamim. 

A partir deste momento seus irmãos, filhos de Jacó com Lia e sua serva,  percebem a preferência do pai. Para ajudar José sonha os sonhos de Deus e conta aos seus, pensando que estes também sonhariam os sonhos do Senhor. Mas os sonhos que José contava, colocava seus irmãos sob sua autoridade, e isso os deixavam mais irados, ao ponto de planejarem sua venda e cumprirem seu intento.

José passa por inúmeras provações como escravo no egito até que chega a ser o segundo homem do mundo após o faraó do Egito. Seu sonho foi concretizado, pois eram os sonhos e planos do Senhor.

Uma lição podemos tirar de toda esta história, quando sonhamos os sonhos do Senhor estes sonhos podem parecer absurdo aos outros, pode causar inveja e ira. Guarde os sonhos do Senhor em seu coração, deixe em segredo. Ore e jejue muito. Deus em seu tempo os realizará e a Sua glória brilhará sobre sua vida.

Outra lição que podemos tirar de José do Egito: seja sempre fiel ao Deus que é Fiel e não é homem para que minta nem filho do homem para que se arrependa. Se seus sonhos forem os sonhos de Deus eles serão cumpridos em sua vida.

Deus abençoe e que seus sonhos sejam os sonhos do Senhor.

Cristo no Coração, esperança da Glória!

"Há caminho que ao homem parece direito, mas ao cabo dá em caminhos de morte." Provérbios 14.12

Ao passar pelo final de mais um ano, muitos se preocupam com muitas coisas. Esses pensamentos podem ser bastante opressores e paralisantes, porque geralmente se ocupam com as coisas terrenas. Existe, por exemplo, o pensamento: "Estou envelhecendo muito rapidamente". Isso é certo. Se você não tem a Jesus, tudo anda em direção à deterioração. Na realidade, uma vida que não tem a "Vida" verdadeira, que é Jesus Cristo, fica sem sentido e torna-se trágica, porque apesar de toda a sua busca e de todo o seu esforço, seus mais profundos anseios por felicidade e paz nunca serão satisfeitos. Por isso, talvez agora você considere a possibilidade da morte, a certeza da velhice e a insegurança da vida, e se sinta sem esperança e sem consolo. De fato, você teria motivos suficientes para estar triste por ocasião da mudança de ano, pois você tem um futuro incerto diante de si. Mas feliz daquele que tem a Cristo no coração! Essa pessoa tem a esperança da glória! E se você tem a Jesus, seu envelhecimento físico não significa "ficar mais velho", mas "ficar mais jovem". Sim, até podemos dizer: quanto mais velho, melhor! Essas não são palavras vazias, meu amigo, mas uma realidade maravilhosa, pois: "...mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo o nosso homem interior se renova de dia em dia."

Extraído do livro "Pérolas Diárias" (de Wim Malgo)

JESUS, O NOME SOBRE TODO NOME

JESUS, O NOME SOBRE TODO NOME - João 1

"Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;" João 1:12

O Natal fala do nascimento da maior pessoa que já viveu. Aquele bebê que nasceu em Belém, cresceu em Nazaré e morreu em Jerusalém, ressuscitou, voltou ao céu e está à direita de Deus. Seu nome é Jesus. Depois de sua humilhação até a morte dde cruz, ele foi exaltado acima de todo o nomepara que ao seu nome se dobre todo joelho, no céu, na terra e debaixo da terra. Anjos, homens e demônios precisam se curvar diante da sua glória.


Jesus é o Rei dos Reis e Senhor dos senhores. Ele está assentado no trono do universo e tem as rédas da história em suas mãos. Ele triunfou sobre o diabo e suas hostes e tem as chaves da morte e do inferno. Diante dele, reis e vassalos, servos e chefes, grandes e pequenos precisam se prostrar e reconhecer que ele é o Senhor. Jesus tem toda autoridade e todo poder no céu e na terra. Seu poder é irresistível, seu reino é eterno e sua glória incomparável. A ele seja  a glória pelos séculos dos séculos!

Pense:
Há poder no nome de Jesus. Clame pela pessoa certa.

Ore:
Senhor, faço minhas palavras do cego de Jericó: "Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim!". Pois é clamando pelo seu precioso nome que tenho salvação. Em Cristo. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

quinta-feira, dezembro 30, 2010

JESUS, PRIMOGÊNITO DA CRIAÇÃO

JESUS, PRIMOGÊNITO DA CRIAÇÃO - Colossenses 1:13 a 23

"O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;" Colossenses 1:15

O universo vastíssimo e insondável com mais de dez bilhões de anos luz de diâmetro, com bilhões de galáxias, não surgiu espontaneamente nem é produto de explosão cósmica. O universo não é resultado de evolução de milhões e milhões de anos; foi planejado e criado. Só no planeta Terra há mais de dois milhões de componentes que tornam este lugar um ambiente favorável à nossa sobrevivência.

Precisaríamos mais fé para crermos na casualidade da geração espontânea e da explosão cósmica do que crermos que Jesus é o criador. Jesus é chamado de primogênito da criação, não porque tenha sido o primeiro a ser criado como pensava Ário de Alexandria, mas porque é a fonte da criação. Ele trouxe à existência o que não existia. Do nada, Jesus tudo criou. Tudo foi feito por intermédio dele e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele foram criadas todas as coisas, as visíveis e as invisíveis. Ele é o criador e o sustentador do universo. Nele tudo subsiste.

Pense:
Jesus é a fonte de vida, pois dele, por meio dele e para ele são todas as coisas.

Ore:
Grandioso Deus e Eterno Pai, Jesus Cristo é o centro de todas as coisas. Nas mãos dele há poder. Firmado nele eu tenho abrigo forte. A ele o domínio pelos séculos dos séculos. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

JESUS, A NOSSA PAZ

JESUS, A NOSSA PAZ - Isaias 53

"Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados." Isaias 53:5

A história do mundo é a história das guerras de reinos contra reinos e nações contra nações. O homem é um ser em conflito, uma guerra ambulante. Ele está em conflito com Deus, com o próximo e consigo mesmo. Nesse mundo violento, onde não poucas vezes os inimigos do homem são são os da sua própria casa, Jesus nos é apresentado  como a paz. A nossa paz não é ausência de luta ou conflito. A paz não é um sentimento sereno nem mesmo uma circunstância amena. A nossa paz é uma pessoa, é Jesus Cristo. Jesus fez a paz, oferece a paz e é a paz. 

Por meio de Jesus temos paz com Deus e temos a paz de Deus. A paz com Deus tem a ver com o nosso relacionamento certo com Deus e a paz de Deus, com sentimento certo vindo de Deus. Jesus é o Príncipe da paz, seu reino é reino de paz e aqueles que são seus súditos são promotores de paz. Jesus é o único que pode acalmar os vendavais da alma, aquietar as ondas revoltas do coração e nos conduzir em segurança ao porto divinal.

Pense:
Jesus suportou o castigo que nos traz a paz. Então aproprie-se dela hoje!

Ore:
Senhor, preciso tomar aqueles que cambaleiam para a morte e os que perdidos estão, e conduzí-los aos pés do teu filho, a única fonte de vida e paz. Em nome de Jesus. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

JESUS, RESSURREIÇÃO E VIDA

JESUS, RESSURREIÇÃO E VIDA - João 11

"Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;" João 11:25

Jesus como o autor da vida e sendo o Senhor da História, entrou na História e se fez carne para habitar entre os homens. Aquele que nasceu na estrebaria e cresceu na carpintaria , veio para morrer e para morrer na cruz pelos nossos pecados, a fim de nos dar a vida eterna. Mas a morte não pôde detê-lo.Ele, com sua morte matou a morte ao ressurgir dentre os mortos. Jesus arrancou o aguilhão da morte e abriu o túmulo de dentro pra fora, abrindo o caminho da imortalidade.

Ele se levantou dos mortos como a primícia dos que dormem. Ele foi o primeiro da fila e nós seguiremos suas pegadas. Agora a morte não tem mais a última palavra. Aquele que crê em Jesus Cristo, o Filho de Deus, não morrerá eternamente, pois ele é a ressurreição e a vida. Quando Jesus voltar em sua  majestade e glória, os mortos em Cristo ressuscitarão com corpos glorificados e os que estiverem vivos serão transformados e arrebatados para encontrar o Senhor nos ares.
Pense:
O nosso destino não é o túmulo gelado, mas a luz refulgente da ressurreição.

Ore:
Santo Deus, a morte não é o fim de minha existência nem o epílogo da minha vida. Em Jesus há delícias eternas preparadas para aqueles que te amam. Louvado seja tu.Em Cristo. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

quarta-feira, dezembro 29, 2010

Deus do impossível - Toque no Altar - Ministério Trazendo a Arca

JESUS, O MÉDICO DOS MÉDICOS

JESUS, O MÉDICO DOS MÉDICOS - Marcos 1: 23 a 45

"E curou muitos que se achavam enfermos de diversas enfermidades, e expulsou muitos demônios[...]" Marcos 1:34

Jesus curou toda sorte de doenças e enfermidades. Ele andou por toda parte fazendo o bem, oferecendo alívio aos cansados, paz aos aflitos, libertação aos cativos e cura aos enfermos. Ele purificou os leprosos, deu vista aos cegos, audição aos surdos, fala aos mudos. Ele levantou os coxos e ressuscitou os mortos. Ele curou as doenças do corpo e terapeutizou as emoções amassadas pelas tragédias da vida. Ele sarou as feridas do corpo e lancetou os abscessos da alma.
Ele enxugou as lágrimas dos tristes, aprumou os abatidos e trouxe esperança aos que jaziam no vale do desespero. Como médico supremo, Jesus pode curar as doenças que assolam seu corpo e perdoar os pecador que atormentam sua alma. Ele pode estancar lágrimas, fechar suas feridas e restaurar sua sorte. Para ele não tem causa perdida nem algo demasiadamente difícil. Ele pode tudo quanto quer. Ele é o Deus dos impossíveis, o Senhor das causas perdidas, o fundamento da nossa esperança.

Pense:
Para Jesus não tem doença incurável nem problema sem solução.

Ore:
Senhor, ajude-nos a vencer a nossa incredulidade. tu és Deus e, por isso, não há impossíveis para ti. Ensina-nos a confiar em teu poder e descansar em ti. Em nome de Jesus. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

JESUS, A PEDRA FUNDAMENTAL

JESUS, A PEDRA FUNDAMENTAL - Lucas 2

"E Simeão os abençoou, e disse a Maria, sua mãe: Eis que este é posto para queda e elevação de muitos em Israel, e para sinal que é contraditado" Lucas 2:34

Jesus é o fundamento, o edificador, o dono e o protetor da igreja. Ele é a pedra de esquina que sustenta todo o edifício. Nós somos as pedras vivas desse edifício, mas Jesus é a pedra fundamental. Jesus é o cabeça da igreja. Ele governa a igreja que ele mesmo comprou com seu sangue. A igreja não está edificada sobre Pedro, mas sobre Cristo. Pedro disse que Jesus é a pedra. Paulo disse que a pedra é Cristo e não existe outro fundamento além de Cristo.

Construir sobre qualquer outro fundamento é construir sobre a areia, construir para o desastre. A igreja não está edificada sobre um alicerce frágil. Está construída sobre o próprio Deus. Jesus é a Rocha dos séculos. Para aqueles que nele creem, Jesus Cristo é o refúgio seguro, mas para aqueles que o rejeitam, ele é a rocha de ofensa, onde os incrédulos tropeçam. A igreja de Deus não pode ser destruída nem jamais sofrer um colapso, pois quem a sustenta e a protege é aquele que tem o universo em suas onipotentes mãos.

Pense: 
Ele é a pedra de escape de uns e a pedra que esmaga a outros. Qual será sua reação com respeito a Jesus?

Ore:
Pai bendito, desde o nascimento de Jesus, ele tem sido amado e odiado,transformando a uns e transformando a outros, Eu porém, recebo o meu Deus com fé e submissão . Em Cristo. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

terça-feira, dezembro 28, 2010

Te amo tanto - Paulo César Baruk

JESUS, O DEUS EMANUEL

JESUS, O DEUS EMANUEL - Mateus 1

"Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco." Mateus 1:23

Hoje é Natal. Jesus veio ao mundo como Emanuel. Jesus é deus entre os homens, é deus vestindo-se de pele humana, é Deus fazendo morada entre nós, é Deus conosco. O pecado nos separou de deus, mas Deus tomou a iniciativa de vir até nós.  No tabernáculo erguido no deserto, Deus fez morada com seu povo. No templo de Jerusalém, a presença de Deus encheu a casa. Mas, na plenitude dos tempos, Deus fez-se carne e habitou entre nós. O eterno entrou no tempo. O divino tornou-se humano. 

O infinito Deus nasceu numa manjedoura e foi envolto em panos. Aquele que nem o céu dos céus pôde contê-lo, tornou-se um bebê e cresceu em sabedoria, estatura e graça. Deus desceu até nós. Ele se fez como um de nós, exceto no pecado. O Senhor se fez servo. Aquele que é santo se fez pecado por amor de npos para nos livrar da condenação do pecado; aquele que é bendito se fez maldição por nós para nos livrar da condenação eterna. Ó amor sublime! Ó graça bendita! Ó favor indescritível!

Pense:
O Senhor, o Deus Emanuel, está contigo. E você, está com ele?

Ore:
Senhor, somente o Emanuel tem a humanidade de quem já sofreu, mas a divindade de quem é poderoso para sustentar-me quando penso que vou sucumbir. Agradeço-te por Jesus. Amém

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

JESUS, O FILHO DE DEUS

JESUS, O FILHO DE DEUS - Mateus 3

"E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo". Mateus 3:17
Maria era uma jovem pobre, casada com um homem pobre vivendo na pobre cidade de Nazaré. Um dia o anjo Gabriel anunciou-lhe que ela seria mãe do Salvador. O Espírito Santo desceria sobre ela e Maria seria mãe do Filho de Deus. Jesus não deixou de ser Deus ao se fazer homem. Aquele bebê que nasceu em Belém, num humilde berço de palha era Filho do Altíssimo.

Jesus é o Filho de Deus porque é um com o Pai. Ele é coigual, coeterno e cosubstancial com o Pai. Quem vê a Jesus vê ao Pai. Ele é a expressa imagem de Deus. Ele e o Pai são um. A encarnação do Filho de Deus é um glorioso mistério. Aquele que não pode ser contido nem pelo céu dos céus, esvaziou-se, tornou-se um bebê enfaixado em panos. Jesus Cristo cresceu em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens. Ele foi perfeitamente homem sem deixar de ser de ser perfeitamente Deus. O Senhor Jesus é Deus-Homem, o mediador entre deus e os homens, o caminho para Deus, a porta do Céu.
Pense:
Em Jesus habitou corporalmente toda a plenitude da divindade.

Ore:
Deus, apesar do mistério da encarnação, acredito que Jesus Cristo é o teu unigênito. Também creio na divindade do Messias, o Deus-Homem e o único elo entre mim e ti. Em Jesus.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

segunda-feira, dezembro 27, 2010

JESUS, A NOSSA ESPERANÇA

JESUS, A NOSSA ESPERANÇA - 1 Coríntios 15

" Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos mais infelizes de todos os homens". 1 Coríntios 15: 19

Milhões de pessoas estão com a esperança morta, esmagadas pelo desespero. Vivem com os olhos inchados  de tanto chorar, feridas pelos revezes da vida. Os homens vivem sem esperança e sem Deus no mundo. Correm atrás das religiões e colhem decepções. Buscam as psicologias de autoajuda e sentem-se ainda mais insatisfeitas. Correm para os banquetes do pecado e saem de lá mais frustradas.

Na ânsia de encontrar um sentido para a vida, muitos correm para as fontes das aventuras e bebem a largos goles todas as taças dos prazeres deste mundo, mas sentem-se ainda  mais infelizes. É nesse cenário cinzento de desespero que Jesus se apresenta como a nossa esperança. Ele é a nossa esperança porque morreu por nós para nos salvar. Ele é a nossa esperança porque vive para nós para nos santificar. Ele é a nossa esperança porque voltará para nós para nos glorificar. Jesus pode ser o motivo perene de seu júblilo e a âncora segura da sua esperança.

Pense:
Jesus é a verdadeira esperança que nunca morre.

Ore:
Bondoso Deus, não há situação que seja capaz de matar a minha esperança em Cristo, sequer a morte. Pois nele existe vida em todas as circunstâncias. Através dele eu te louvo. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

Amor - Ágape, Eros, Phileo

Em I Coríntios 13:4-7, a Bíblia nos fala sobre o amor. Ela diz que: "O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta."

No grego antigo, havia três palavras que significavam amor: "eros", "phileo" e "ágape". Eles usavam a palavra de acordo com o tipo de amor a que estavam se referindo.

A palavra "eros" se referia ao amor sexual e, como sabemos, deve existir dentro do casamento.


A segunda palavra "phileo" significava o amor que existia entre pais e filhos, e entre irmãos. Este tipo de amor, que se desenvolve com o tempo, também deve existir no casamento.


Por último, temos o amor "ágape" que é o mais profundo e o mais sublime de todos. Este amor sempre caracterizou Deus. Em João 3:16 a Bíblia nos mostra o tão grande amor do nosso Deus quando diz: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho..." Existe maior amor do que este? Encontramos também este amor expresso em I Coríntios 13:4-7 . Um casamento fundamentado no AMOR ÁGAPE pode sobreviver a qualquer tipo de tempestade, desencontros, desavenças, etc. Se alicerçamos nosso casamento no AMOR ÁGAPE, a palavra de Deus se torna realidade quando Ele diz: "o amor nunca acaba".

JESUS, O MESTRE DOS MESTRES

JESUS, O MESTRE DOS MESTRES - Marcos 1: 1:22

"Maravilhavam-se da sua doutrina, porque os ensinava como quem tem autoridade e naõ como os escribas." Marcos 1:22

Jesus disse aos dicípulos: "Vós me chamais mestre e Senhor e dizeis bem, porque eu o sou." Jesus foi chamado de mestre por seus seguidores e inimigos. A história está repleta de mestres que encheram bibliotecas com a sua erudição, mas nenhum deles transformou a história como Jesus. Ele falava e fazia. Ele tinha palavra e poder. Ele era homem e ao mesmo tempo Deus. Jesus foi o mestre por excelência por causa de seus métodos.

Ele usou variados métodos e múltiplos recursos. Ninguém jamais falou como ele. Suas palavras traziam luz para a mente e deleite para o coração. Jesus foi o mestre incomparável por causa da natureza do seu ensino. Ele não foi um alfaiate do efêmero, mas o escultor do eterno. Ele tratou das questões da alma, da salvação, da eternidade. Ele não foi apenas o maior de todos os mestres, ele é também o maior de todos os exemplos. Nenhum erro se achou em sua boca. Pilatos antes de condená-lo confessou que não encontrou nele crime algum. Sua vida foi a referência de seu ensino.

Pense:
Jesus foi o mestre por excelência pela grandeza de seu caráter.

Ore:
Senhor, assim como Jesus, desejo respaldar a tua santa palavra com as minhas atitudes e caráter. Quero mais do que simplesmente conhecer sobre ti, preciso andar contigo. Em Cristo.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

domingo, dezembro 26, 2010

JESUS, O ALFA E O OMEGA

JESUS, O ALFA E O OMEGA - Apocalipse 22: 13 a 21

"Eu sou o Alfa e Omega, o Peimeiro e o Último, o Princípio e o Fim." Apocalipce 22:3

Jesus é o Alfa e o Omega, o princípio e o fim. Foi ele quem trouxe à existência o Universocom seus bilhões galáxias com bilhões de estrelas cada uma. Ele é o início de todas as coisas, o criador das coisas visíveis e invisíveis. Ele é a causa de todos os efeitos, por meio de quem e para quem todas as coisas todas as coisas foram criadas. Ele é o Alfa, a origem e a fonte de todas as coisas. Mas, Jesus não é apenas o Alfa. Ele é tambpem o Ômega, a consumação de todas as coisas.
Tudo foi cirado por ele, por meio dele e para ele. Para ele convergem todas as coisas do universo.Ele é o centro do universo. Jesus é tudo em todos. Ele é tudo nmos decretos de Deus, na ciração, na história, na redenção, na igreja, na Bíblia, no céu e na eternidade. Quando a história fechar suas cortinas, Jesus estará lá cheio de glória como o Ômega, como o fim de todas as coisas. De eternidade em eternidade eel é o mesmo Deus, revestido de glória e majestade!

Pense:
Jesus está assentado no trono, na sala de comando do universo.

Ore:
Porque Jesus está no controle da minha história, ó Altíssimo Deus, bem sei que podes transformar minhas adversidades em grandes vitórias. Em Cristo. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

sábado, dezembro 25, 2010

JESUS, O CABEÇA DA IGREJA

JESUS, O CABEÇA DA IGREJA – Colossenses 2

“Ele é o cabeça de todo principado e potestade.” Colossenses 2:10

A igreja é um corpo e Jesus é a cabeça desse corpo. Porque Jesus se humilhou até a morte e morte de cruz para redimi-la, Deus Pai o exaltou e lhe deu um nome que está acima de todo o nome e o fez assentar nas alturas, acima de todo principado e potestade, constituindo-o o cabeça da igreja. Jesus é o Rei do universo e o cabeça da igreja. Ele é o Salvador da igreja e sua fonte de vida.

Ele é o chefe supremo da igreja que veio não para governa-la com tirania, mas para servi-la com humildade. Ele é o fundamento, o edificador, o dono e o protetor da igreja. Jesus é a pedra angular, o único fundamento, sobre o qual a igreja está edificada. Ele é o sumo pontífice, o único mediador entre Deus e os homens. Jesus morreu pela igreja, vive para a igreja, governa a igreja, intercede pela igreja, e voltará para ela. Jesus amou a igreja com amor eterno, perseverante, sacrificial, e santificador e está preparando a igreja para apresenta-la a si mesmo como noiva pura, santa e gloriosa.

Pense:
Deus guarda a igreja como a menina dos seus olhos e a esconde à sombra de suas asas.  Salmo 17:8

Ore:
Santo Deus, sou tua propriedade exclusiva. Por isso, é muito bom saber que o inferno inteiro pode se levantar contra mim, mas será desbaratado, pois Cristo me ama e protege.  Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

Irmãos de sangue

Estudo de DNA comprova que judeus e árabes são parentes próximos, como diz a Bíblia

Se a origem genética em comum fosse sinônimo de paz, talvez a dolorosa história de conflitos no Oriente Médio nunca tivesse começado. Com uma nova técnica baseada no estudo da descendência masculina, biólogos concluíram que as várias populações judaicas não apenas são parentes próximas umas das outras, mas também de palestinos, libaneses e sírios. A descoberta significa que todos são originários de uma mesma comunidade ancestral, que viveu no Oriente Médio há 4.000 anos. Em termos genéticos significa parentesco bem próximo, maior que o existente entre os judeus e a maioria das outras populações. Quatro milênios representam apenas 200 gerações, tempo muito curto para mudanças genéticas significativas. Impressiona como o resultado da pesquisa é coerente com a versão expressa na Bíblia de que árabes e judeus descendem de um ancestral comum, o patriarca Abraão. 

A pesquisa conduzida pelo biólogo Michael Hammer, da Universidade do Arizona, com a colaboração de cientistas europeus, israelenses e sul-africanos, comparou o cromossomo Y (presente apenas no sexo masculino) de 1.371 homens de 29 comunidades. Acredita-se que todos os cromossomos Y existentes sejam originários de um único "Adão", que viveu há 140.000 anos. Em princípio, são idênticos em todos os homens, mas pequenas modificações podem ocorrer na seqüência de DNA dos cromossomos Y. As mudanças não afetam os genes e não se refletem no corpo, mas permitem acompanhar as várias linhagens familiares da espécie humana, como se fosse uma assinatura. 

Os pesquisadores perceberam também que, apesar da longa diáspora, as populações judaicas mantiveram intacta a identidade biológica. A tradição hebraica considera como judeu aquele que é filho de mãe judia. Sabe-se agora que a quantidade de pais não judeus foi igualmente bem reduzida. O resultado não apenas está de acordo com a tradição bíblica como refuta as teses de que as comunidades judaicas atuais consistem principalmente de descendentes de convertidos de outras crenças ou dos khazars, uma tribo do Cáucaso que adotou o judaísmo na Idade Média. "Onde quer que fossem, eles permaneceram geneticamente muito isolados", diz Hammer.


Extraído - Revista Veja  - 17 de maio, 2000

Complemento Bíblico:

Nação Árabe - descendência - Gênesis 16: 15 e 16
Nação Judaica - descendência - Gênesis 21: 1 a 7

sexta-feira, dezembro 24, 2010

JESUS, O SOL DA JUSTIÇA

JESUS,  O SOL DA JUSTIÇA – João 8

“De novo, lhes falava Jesus, dizendo: Eu sou a Luz do mundo;  Quem me segue não andará nas trevas;  Pelo contrário, terá luz da vida.” João 8:12

Era noite em Belém quando nasceu Jesus, o Sol da Justiça. O mundo vivia em trevas e rendido ao pecado, mas quando Jesus nasceu, a luz que ilumina todo o homem, espancou as trevas e os que viviam prisioneiros do pecado foram libertos, justificados e guiados pelas veredas da justiça. Onde o sol chega as trevas precisam bater em retirada. O sol traz luz e calor. O sol carrega vida em suas asas. Jesus é o sol e escudo. Jesus Cristo dá graça e glória.

Ele ilumina, aquece e purifica. Natal é uma festa cheia de luz, pois aquele bebê nascido em Belém é a brilhante estrela da manhã. Natal é uma festa de salvação, pois Jesus Cristo é o Sol da Justiça. Ele traz em suas asas uma gloriosa e bendita salvação. Quando Jesus nasceu  houve luz à meia noite, quando o Filho de Deus morreu, houve trevas ao meio-dia. Quando o Sol da Justiça penetra com seus raios reluzentes em sua vida, as trevas da sua noite são dissipadas e você se torna filho da luz.

Pense:
Deixe Jesus descortinar o seu coração  e enviar a luz para dissipar a escuridão.

Ore:
Ilumine a minha alma, Senhor, com a fulgente luz do teu maravilhoso resplendor, a fim de que eu viva uma vida da qual não me envergonhe de ser quem realmente sou. Em Cristo. Amém.

Exrtaído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

quarta-feira, dezembro 22, 2010

JESUS, O SALVADOR DO MUNDO

JESUS, O SALVADOR DO MUNDO - João 3

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deus seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna". João 3:16

O pensamento popular diz que toda religião é boa e que todo caminho leva a Deus. Muitas pessoas confiam na religião para alcançar a salvação. Outras depositam suas esperanças nas suas obras. Há aqueles que acreditam que se você for sincero, Deus dará um jeito no dia final. A Bíblia diz, porém, que há caminhos que ao homem parecem direito, mas ao fim são caminhos de morte. Na verdade só existe um caminho para Deus, é Jesus. Só existe uma porta para o céu, é Jesus. Só existe um mediador entre Deus e os homens, é Jesus.

Só existe um nome pelo qual  importa que sejamos salvos, é Jesus. Só existe um abrigo segura para sua alma, é Jesus. Só existe um advogado que pode defender sua causa diante do tribunal de Deus, é Jesus. Só existe um Salvador do mundo, é Jesus. Só Jesus Cristo pode lhe dar a vida eterna, pois ele é o pão para sua fome, a água viva para sua sede, o caminho para os seus pés, a luz para o seu caminho, a paz para os seus conflitos,  a esperança para o seu desespero.

Pense:
Você não precisa fazer nada para obter salvação, Jesus Cristo já fez tudo por você.

Ore:
Deus, a tua palavra diz que não há nenhum nome dado entre os homens pelo qual importa que sejamos salvos, senão unicamente o de Jesus. Ele, pois, é a nossa única esperança. Amém

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

terça-feira, dezembro 21, 2010

JESUS, O PRÍNCIPE DA PAZ

JESUS, O PRÍNCIPE DA PAZ - João 14: 12 a 31

"Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize." João 14:27

O mundo está marcado pela dor, encharcado de sangue, ferido pela guerra e adoecido pelo ódio. As guerras tornam-se cada vez mais encarniçadas e os homens cada vez mais violentos. Há guerras entre as nações e guerras dentro das famílias. Há guerras tribais e guerras religiosas. O homem é um ser em conflito. Seu coração é um campo de batalha. Levantamos monumentos à paz e cada vez mais construímos armas de destruição. Falamos de paz, mas gastamos mais com a guerra. Dizemos que o amor é o oxigênio da vida, mas respiramos o ódio. Nesse mundo marcado pela violência, Jesus se apresenta como o Príncipe da paz.

Ele não veio apenas falar da paz, ele é a paz. Ele veio fazer a paz com o sangue de sua cruz. Ele nos dá paz com Deus, pois perdoa nossos pecados. Ele nos dá a paz de Deus, porque alivia nosso coração da angústia. Ele nos dá paz interior, porque onde Jesus reina, a alegria triunfa sobre a tristeza, o amor prevalece sobre a mágoa e a esperança finca a sua bandeira onde outrora reinava o desespero.

Pense:
Se lançarmos diante do Senhor o que nos incomoda, a paz de Deus irá nos guardar de toda ansiedade. Filipenses 4: 6 e 7

Ore:
Pai, há muitos sentimentos em meu coração que têm roubado a minha alegria e me trazido prejuízos. Peço-te, pois, que a paz de Cristo seja derramada sobre mim. Em nome de Jesus. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

JESUS O PAI DA ETERNIDADE

JESUS O PAI DA ETERNIDADE - Isaías 9: 1 a 7

Jesus, a segunda pessoa da Trindade, pré-existe à encarnação. Ele não teve origem ele é a origem de todas as coisas. Ele é a causa não causada, o efeito de todas as coisas. Ele é antes do tempo, pois é o Pai da Eternidade. Antes que houvesse mundo, ele  já tinha glória excelsa e comunhão perfeita com o Pai e com o Espírito Santo. Ele era o verbo que estava no princípio com Deus e era coigual, coeterno e consubstâncial com Deus. Ele não foi criado, ele é o Criador. Ele trouxe à existência as coisas que não existiam e nada do que foi feito sem ele se fez.

O Universo estava em sua mente, antes de os fundamentos da terra serem lançados. Os mundos estelares foram criados por ele, que mediu as águas dos mares na concha de sua mão e pesou o pó da terra em balança de precisão. Ele chamou pelo nome cada estrela do firmamento e nenhuma delas veio a faltar. Ele trouxe à existência as coisas que não existiam e do nada tudo criou para sua glória e o nosso prazer.

Pense:
O Deus que dá o nome às estrelas e sustenta as aves do céu é o mesmo que cuida da sua vida.

Ore:
Senhor, dirijo a ti todo o meu louvor e adoração pela segurança que desfruto na pessoa de teu filho bendito, Jesus Cristo, o Pai da Eternidade. Através dele rendo a ti honra e glória. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

segunda-feira, dezembro 20, 2010

JESUS O CORDEIRO DE DEUS

JESUS O CORDEIRO DE DEUS - João 1:29 a 36

" No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do Mundo!" João 11:29

Jesus é o Cordeiro de Deus. Por isso, ele não nasceu num palácio, mas numa estrebaria. Ele não nasceu num berço de ouro, mas num berço de palha. Ele não nasceu para viver, mas para morrer e morrer morte de cruz em seu lugar. Na instituição da Páscoa, um cordeiro para cada família foi morto e seu sangue foi aspergido nos batentes das portas. Naquela fatídica noite, os primogênitos do Egito foram mortos, mas aqueles que estavam debaixo do sangue do cordeiroforam poupados. Os israelitas não foram salvos da morte por suas obras, mas pelo sangue do cordeiro.

Jesus é o nosso Cordeiro Pascal, o cordeiro substituto, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Ele morreu em seu lugare em seu favor. Pela sua morte você tem vida e pelo seu sangue você é perdoado e aceito como justo diante do Pai. Você não pode apagar seus próprios pecados, mas o sangue de Jesus, o Cordeiro de Deus, puirifica você de toda a transgressãoe abre para você um novo e vivo caminho para Deus.

Pense:
Esforços são inúteis para o homem salvar-se a si mesmo, pois o sangue de Cristo é o ingresso para o Céu.

Ore:
Louvado seja, Deus salvador, pois em Cristo, o Cordeiro, tenho a anulação da minha dívida e o perdão absoluto dos meus pecados. Em nome de Jesus. Amém

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

Como Ser Filho de Deus

Há coisas muito acima de nossa compreensão, quando tentamos explicar ou definir nosso Criador. Isto faz sentido: afinal de contas, somos finitos e Ele é infinito. Há coisas, porém, bem claras, na Revelação. Uma delas explicita o modo como uma criatura pode tornar-se Seu filho: "Mas a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus: aos que crêem no Seu nome" (João 1:12).

Quando lemos Gênesis à luz do Apocalipse, fica nítido que o Senhor teve a intenção de colocar na "nova Terra" aquelas criaturas humanas que, por aceitarem Cristo, receberam "o poder de serem feitos filhos de Deus".

Ninguém é obrigado a aceitar Jesus como Cristo, como o intermediário entre Deus e os homens. Aqueles que O aceitaram, entretanto, dão testemunho da mudança interior que experimentam. O mundo não fica mais o mesmo - e o Deus distante passa a ser visto como "Pai nosso". Ser transformado em "filho de Deus", então, não é mera terminologia religiosa. Tornar-se filho de Deus, pela fé em Jesus Cristo, é começar a experimentar, aqui na dimensão do tempo, as bênçãos da eternidade. Vale a pena ser filho de Deus.

Extraído - Gotas Bíblicas - Pastor Olavo Feijó

sexta-feira, dezembro 17, 2010

JESUS, SENHOR DOS SENHORES

JESUS, SENHOR DOS SENHORES – FILIPENSES 2: 1 a 11 

“[...] e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.” Filipenses 2:11

 Jesus é o nome sobre todo o nome. Ele é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores. Porque se humilhou até à morte e morte de cruz, Deus Pai o exaltou sobremaneira e lhe deu o maior de todos os nomes. Diante dele se dobra todo joelho no céu, na terra e debaixo da terra. Jesus tem as rédeas da história em suas mãos. Ele governa as nações. Ele levanta reinos e abate reinos. Aos seus pés se dobram anjos, homens e demônios.

Diante dele se curvam os reis da terra e os vassalos, os pensadores e os indoutos, os religiosos e os ateus. Aquele menino deitado na manjedoura estava destinado a herdar o trono de Davi, a assentar-se no alto e sublime trono e a reinar absoluto sobre todo o universo. Por ser ele o Rei do reis, você deve se derramar aos seus pés e dar a ele a glória que lhe é devida. Por ser ele o Senhor dos senhores, você deve ser um servo fiel, submisso e obediente às suas ordens.

Pense:
Você já confessou a Cristo como Senhor e tem vivido de acordo com essa confissão?

Ore:
Soberano Deus, à certeza o senhorio de Cristo me leva a estar em inteira submissão e alimenta minha esperança de que Jesus sempre estará comigo. No nome dele eu te agradeço. Amém

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

Vamos para o Lar - Pr. Fernando Iglesias

JESUS O REFÚGIO VERDADEIRO

JESUS O REFÚGIO VERDADEIRO – Mateus 11: 20 a 30

“Vinde a mim, todos os  que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei”. Mateus 11:28

A vida não é uma colônia de férias, mas um campo de lutas. Nessa pesada jornada, talvez você esteja aflito e cansado de viver. Talvez você esteja gemendo debaixo do rolo compressor da angústia e não sabe mais o que  fazer da vida. Jesus, o refúgio verdadeiro, convida você para um tempo de refrigério. Ele pode aliviar você dessa bagagem pesada, remover o desgosto do seu coração e sarar suas feridas. Ele lhe convida para uma experiência pessoal: “Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei”.

A ordem de Jesus é para você:  “Tomai sobre vós o meu julgo e aprendei de mim. Ele requer de você um compromisso de submissão e aprendizado. A promessa de Jesus também é para você: “E eu vos aliviarei”. Não caminhe mais encurvado sob o rolo compressor do desespero. Volte-se para Jesus, pois ele é poderoso para aliviá-lo desses fardos e carregar você em seus braços onipotentes, pois o Filho de Deus é o único refúgio verdadeiro.

Pense:
O convite de Jesus é para você. Ele pode perdoar seus pecados e dar descanso à sua alma.

Ore:
Senhor Deus, eu preciso ser curado por ti. Admito que andei à procura de outros caminhos que satisfizessem meu coração, mas sem sucesso. Apenas Jesus tem real abrigo. Nele. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

JESUS, O VERBO DE DEUS

JESUS, O VERBO DE DEUS – João 1

Jesus é o verbo de Deus, o verbo eterno, pessoal e divino. O apóstolo João diz: “No princípio era o verbo, e o verbo estava com Deus e o Verbo era Deus”. Jesus é a palavram criadora de Deus. Todas as coisas foram feitas por ele e nada doque foi feito sem ele se fez. Ele é a vida e o único que tem autoridade para dar a vida. Ele é a luz do mundo, a verdadeira luz que ilumina a todo homem.  Jesus é o verbo  que se fez carne e habitou entre nós, Jesus é Deus vestido de pele humana. 

Nele o eterno entrou no tempo, o divino fez-se humano e o celestial baixou à terra. Jesus é cheio de graça e de verdade. Nele a glória do Pai resplandece em todo o seu fulgor. Em Jesus habita toda a plenitude da divindade. Ele Deus. Ele é a expressão exata de  Deus . Jesus é Deus entre nós, é Deus por nós, é Deus em nós.

Pense:
Quem não honra o Filho não honra o Pai que o enviou.  João 5:23

Ore:
Senhor Deus, a vinda do Messias é a mais linda afirmação do teu amor pelos homens perdidos. Na encarnação, o Cristo se identificou e partilhou nossas dores. Em nome de Jesus.

Exrtaído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

quinta-feira, dezembro 16, 2010

JESUS A ÁGUA DA VIDA

JESUS A ÁGUA DA VIDA – João 4

“A água que eu lhe der será nele uma fonte a jorra para a vida eterna”. João 4:14

Jesus estava passando pela aldeia de Samaria. Ele tinha um encontro marcado na agenda do céu com a mulher samaritana. Ela tivera cinco maridos. Depois de passar por cinco divórcios, estava morando agora com um amante. Jesus pede-lhe de beber no poço de Sicar. Ela responde: “Como tu pedes de beber a mim, mulher samaritana, sendo tu judeu”.

Jesus lhe disse: “Ah, mulher se conheceras o dom de Deus e quem é que te pede de beber, tu me pedirias e eu te daria a água da vida”. Jesus disse ainda: “Quem beber desse poço voltará a ter sede, mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede para sempre”. A água do poço é o símbolo do pecado,  não satisfaz. A pessoa sorve até a última gota, mas a sequidão continua e a sede da alma não é saciada. Jesus, porém satisfaz plenamente. Ele é a água da vida. Se você beber dessa água, dentro de você brotará uma fonte para a vida eterna. Se você quiser, venha e beba e rios de água viva fluirão do seu interior.

Pense: 
Jesus pode irrigar a sua alma e modificar o solo de seu coração.

Oração:
Senhor amado, dá-me sempre de beber da tua água. Mantenha-me distante  das águas sujas oferecidas a mim. Só tu podes satisfazer plenamente minha sede espiritual. Por cristo. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes

Anotações de Habacuque - Há um tempo determinado pra você!

"Porque a visão é ainda para o tempo determinado, mas se apressa para o fim, e não enganará; se tardar, espera-o, porque certamente virá, não tardará. " Habacuque 2:3

Seja muito paciente com aquilo que o Senhor mostrou para você. Nossa geração, muito ligada com a Internet, tem concebido um cristianismo “bate e pronto” que em nada se assemelha àquele vivido pelos apóstolos.

As coisas espirituais não são instantâneas! Você precisará amadurecer; passará pela olaria de Deus e ali será moldado pelas preciosas mãos do Oleiro. E isso leva tempo! Se você não estiver disposto a esperar, começará a servir motivado por orgulho pessoal, e isso com o tempo drenará toda sua fé.



Há um tempo determinado para você! Espere-o com paciência no Senhor .

Extraído - Palavra que Transforma - Pastor Sérgio Fernandes

quarta-feira, dezembro 15, 2010

JESUS O ÚNICO MEDIADOR

JESUS O ÚNICO MEDIADOR – Atos 4

“E não há salvação em nenhum outro[...]nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”. Atos 4:12

Como você pode ter comunhão com Deus santo, sendo pecador? Como você pode se reconciliado com Deus Todo-poderoso, sendo pó e cinza? Como você pode ter acesso ao trono de Deus, sendo homem? O cristianismo não é um caminho aberto pelo homem da terra para o céu, mas o caminho aberto por Deus do céu para a terra. Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo. Só há um mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem.

Ele é o caminho, a verdade e a vida e ninguém pode ir ao Pai senão por ele. Jesus é o novo e vivo caminho que conduz você a Deus. Ele é a porta do céu. Jesus disse: “Eu sou a porta, quem entrar por mim será salvo, entrará e sairá e achará pastagens”. Jesus é a porta da salvação, da provisão e da libertação. Ele é a ponte que liga você a Deus.  Ele é o sumo sacerdote que aproxima você de Deus, Nenhuma igreja, nenhuma religião, nenhum rito sagrado pode reconciliar você com Deus. Só Jesus Cristo é o mediador.

Pense:
Só Jesus pode toma-lo pela mão e conduzir você ao céu.

Ore:
Deus, liberta-me do jugo da religião árida e das exigências dos homens. Entrego a minha vida totalmente a Cristo como meu único e suficiente salvador. Nele eu peço. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastos Hernandes Dias Lopes

terça-feira, dezembro 14, 2010

JESUS, O ADVOGADO JUSTO

JESUS, O ADVOGADO JUSTO – 1 João 1 e 2

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar e nos purificar de toda injustiça”. 1 João 1:9

A palavra de Deus diz: “Filhinhos estas coisas eu vos escrevo para que não pequeis, se todavia alguém pecar temos advogado junto ao pai, Jesus Cristo, o Justo”. Jesus Cristo é o advogado das causas perdidas e isso por três razões: Nele nunca houve pecado. Nenhuma malícia houve em seus lábios. Segundo, por causa dos seus métodos. Jesus como seu advogado não veio para estar do seu lado, mas estar em seu lugar, como seu substituto. Jesus como advogado não veio para advogar sua inocência, mas para assumir sua culpa.

Jesus como advogado não veio para lhe cobrar um alto preço por sua salvação, mas para pagar todo o preço pela sua redenção. Jesus Cristo como seu advogado pode lhe salvar totalmente, pois depois de morrer por você, ressuscitou e está à direita de Deus, de onde intercede por você . Terceiro, Jesus é o advogado das causas perdidas por causa da eficácia do seu trabalho. Ele nunca perdeu uma causa.

Pense:
Não há causa perdida quando essa causa é colocada nas mãos de Jesus.

Ore:
Senhor,  justo e santo são os teus caminhos! Mas graças te dou, pois através  de Jesus tenho o perdão do que me afasta de ti. Por isso confesso a ti meu pecado em  nome de Jesus. Amém.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastos Hernandes Dias Lopes 

Ouço Deus me Chamar - Ludmila Ferber

segunda-feira, dezembro 13, 2010

Nunca pare de lutar - Ludmila Ferber

JESUS, O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA

JESUS, O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA – João 14

“Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida ninguém vem ao Pai senão por mim”. João 14:6

A cidade de Jerusalém estava agitada, pois a Páscoa havia  chegado e peregrinos brotavam  de todos  os lados O Sinédrio e agitava para prender Jesus.  Era a quinta-feira da traição de Judas e da negação de Pedro, da prisão, das cusparadas e do escárnio. Os discípulos estão com o coração turbado, quando Jesus os exorta a confiar nele e levantar os olhos para contemplar as glórias do céu.


Tomé diz que não sabe para onde Jesus vai nem sabe o caminho. Jesus, então, diz: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida e ninguém vem ao Pai senão por mim”. Jesus não é um caminho dentre muitos, ele é o caminho. Jesus não é uma meia verdade, ele é a Verdade. Jesus é a vida que satisfaz. Se você quer conhecer a verdade, Jesus é a verdade. Se você quer experimentar a verdadeira vida, Jesus é a vida.


Pense:
Apenas através de Jesus encontramos o único caminho que nos conduz a Deus.

Ore:
Senhor Deus, rodeado por doutrinas e teorias da atual sociedade, muitos incorrem no equívoco de acreditarem que todos os caminhos levam a ti. Mas só a Jesus pertence a salvação.

Extraído - Cada Dia Natal - Pastos Hernandes Dias Lopes

sábado, dezembro 11, 2010

JESUS, AMIGO DOS PECADORES

JESUS, AMIGO DOS PECADORES – Mateus 11

“Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e dizem: Eis aí um glutão e bebedor de vinho, amigo de publicanos e pecadores”. Mateus 11:19

Jesus é a maior expressão do amor de Deus  por você. Deus amou você e enviou seu Filho unigênito ao mundo para lhe dar a vida eterna. Jesus é cheio de compaixão. Ele foi amigo de pecadores e comeu com os publicanos. Ele recebia as prostitutas e entrava na casa de pessoas rejeitadas pela sociedade. Ele abraçou as crianças, tocou os leprosos, curou os enfermos, levantou os paralíticos e deu a vista aos cegos.

Ele alimentou os famintos e ressuscitou os mortos. Jesus também se compadece de você. Ele conhece sua dor, vê suas lágrimas e ouve seu clamor. Ele conhece seu passado e enxerga seu futuro. Ele conhece seus sentimentos e lê  seus pensamentos . Ele conhece seus medos e sabe quais são os seus sonhos. Venha a Jesus e coloque sua vida aos seus pés. Ele se importa com você, ama você e morreu por você. Ele voltará para você. Ele quer dar a você, agora mesmo, uma vida feliz, abundante e eterna.
Pense:
Jesus Cristo não faz acepção de pessoas.

Ore:
Amado pai, mesmo com um coração marcado pela miséria espiritual, tu não deixaste de me amar. Graças te dou porque me recebeste de braços abertos pelos merecimentos de Cristo. Amem.

Extraído Cada Dia Natal - Pastor Hernandes Dias Lopes