sábado, dezembro 31, 2011

Quem é Jesus Cristo

"15 o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;

16 porque nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele.

17 Ele é antes de todas as coisas, e nele subsistem todas as coisas;

18  também ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio, o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência,

19  porque aprouve a Deus que nele habitasse toda a plenitude,

20 e que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra como as que estão nos céus.

21  A vós também, que outrora éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más,

22  agora contudo vos reconciliou no corpo da sua carne, pela morte, a fim de perante ele vos apresentar santos, sem defeito e irrepreensíveis,"

Colossenses 1:15-22

O Valor da Bíblia - Victor Hugo



"Há um livro que desde a primeira letra até a última é uma emanação superior [...] um livro que contém toda a sabedoria divina; um livro que a sabedoria dos povos chamou de O Livro - a Bíblia. Espalhai evangelhos em cada aldeia, uam Bíblia em cada casa."

Victor Hugo

O Fazendeiro e Deus

Sinopse:

Africa do Sul - Angus Buchan é um fazendeiro de origem escocesa, muito trabalhador, dedicado à mulher e aos filhos, mas violento diante das contrariedades. Quando a situação em Zâmbia fica perigosa, ele decide mudar-se para KwaZulu Natal e recomeçar do zero. Morando num trailer, com a ajuda de Simeon Bhengu, um zulu que se oferece para o trabalho, a família Buchan luta para instalar-se nesta nova terra. À medida em que as dificuldades se avolumam, Angus mergulha num misto de medo, furia e desespero. Neste momento ele é convidado para uma reunião de agricultores na Igreja Metodista local. Como consequência, em vez de riqueza, o fazendeiro passa a buscar Deus, e encontra a felicidade, a paz e o sucesso.

"O Fazendeiro e Deus" baseia-se na história real de Angus Buchan, que se tornou um pregador da palavra de Deus ao redor do mundo, enquanto sua família e Simeon Bhengu tocam a bem-sucedida fazenda Shalom, na África do Sul. Angus compara a fé em Deus à cultura de batatas, que permanecem invisíveis até o momento da colheita.

Vale a pena assistir os extras do DVD e conhecer o verdadeiro casal Jill-Angus Buchan e Simeon Bhengu.



Jill e Angus 


  





Simeon Bhengu






sexta-feira, dezembro 30, 2011

O Caminho para Deus

Através dos anos tenho conversado com milhares de pessoas que me perguntam como encontrar o caminho para Deus. Em poucas palavras quero explicar claramente o que diz a Bíblia sobre este importante assunto.

Ela ensina que Deus é santo e justo, e não tolera o pecado. Todos os problemas e males do mundo se devem a que, por causa do nosso pecado, temos perdido o sentido moral, intelectual e espiritual de Deus. "Todos pecaram e destituidos estão da glória de Deus". Romanos 3:23

Jesus Cristo nos abriu o caminho para Deus por meio da sua morte na cruz. Ele comprou a nossa salvação ao derramar o seu sangue. Deu a sua vida em troca da nossa salvação. Sua morte e ressurreição estabeleceram uma aliança nova e eterna entre Deus e a humanidade.

Cristo disse aos seus discípulos: "Eu sou o caminho, e a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim." João 14:6

O único caminho para Deus é através da fé pessoal em Cristo. Não basta aceitá-lo intelectualmente. É necessário recorrer a ele disposto a renunciar o que não agrada a Deus, e confiar plenamente no poder salvador de Cristo.

Jesus Cristo promete aos que recorrem a ele: "Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida." João 5: 24

Você pode recorrer hoje a Cristo e render-lhe a vida. A Bíblia diz: "[...] a todos os que receberam (a Jesus Cristo), àqueles que creem no seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus - filhos nascidos não do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus." João 1: 12 e 13

"Portanto, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram, tudo se fez novo." II Coríntios 5: 17

É este o caminho para Deus.
Billy Graham

Salvation Is Here (A Salvação Está Aqui) - Hillsong United

O Valor da Bíblia - Isaac Newton



"Há mais indícios seguros de autenticidade na Bíblia do que em qualquer história profana."

Isaac Newton

quinta-feira, dezembro 29, 2011

With All I'am (Com Todo o Meu Ser) - Hillsong United

Convite de Jesus

Vinde a Mim, todos os que estais cansados e orpimidos, e Eu vos aliviarei" Mateus 11:28

Quem é que te convida?

Meu amigo, que ainda anda distanciado do teu Criador, sem rumo no mundo, sem paz e sem Salvação: Sabe quem é que te convida, com voz suave e amorosa? É Jesus! Sabe quem é que te fala nas horas críticas da vida, para que deixes o pecado e comece uma nova vida com Deus? É Jesus! Sabe também que foi Ele quem morreu por você, na rude cruz, para te dar a vida e vida com abundância? Sim foi Jesus! E agora, é Ele mesmo que te convida! Será que você tem coragem para rejeitar o convite de Jesus, deste Jesus tão bondoso, maravilhoso, meigo e amoroso? Eu creio que não.

Em que lugar você está? Para onde Jesus te convida?

Jesus te convida para deixar o pecado, sim, o pecado que trouxe tanta infelicidade. Jesus te convida para deixar os teus vícios, o modo mundano de viver, e começar uma nova vida.

Jesus te convida para Si, pois diz: "Vinde a Mim". Ele não te convida para uma religião morta, cheia de hipocrisia. Ele convida os cansados e oprimidos para Si. Somente Ele tem alivio verdadeiro para te dar. Alma cansada, vem a Jesus, ele te dará poder para vencer o pecado, o mundo, as paixões da carne, e te dará virtudes de valor, como paz, alegria, descanso e amor, muito superior ao que o mundo te dá. Ele te convida para que sejas participante do Reino do Céu, o Reino de Deus, que jamais será destuído, onde reina o pleno gozo, harmonia e amor. Sim, vale a pena aceitar este tão maravilhoso convite de Jesus.

O último Convite

Quero dizer a você, amigo, que breve chegará o momento em que Jesus fará seu Último Convite! Os que conhecem a Bíblia estão convictos de que é já a última hora! Aquele que quer a SALVAÇÃO, precisa saber agora mesmo a mensagem de Deus! Quem sabe não será esta mensagem o Último Convite de Jesus para você?

Não temos nenhuma garantia sobre até quando estaremos vivos. O fio de nossa existência pode ser cortado antes que cheguemos em nosso lar, antes de romper um dia. É o amor de Deus, amigo, que me impele a enviar a você este convite, em nome de Jesus! Eu te peço, não rejeite, não despreze, mas aceita Jesus como seu único e suficiente Salvador, e terás, como garantia, um  descanso feliz, na vida, na morte, e na eternidade.

E Jesus garante: "O que vem a Mim, de maneira nenhuma o lançarei fora." João 6:37

Aceita Cristo. Leia a Bíblia. Adore ao Senhor. Venha depresa, antes que seja Tarde Demais.

Extraído - Folheto CELUZ - Centro de Evangelismo Luz da Palavra

terça-feira, dezembro 20, 2011

Ansiedade...


JESUS CURA A SOGRA DE PEDRO

“Inclinando-se ele para ela, repreendeu a febre,
e esta a deixou; e logo se levantou, passando a servi-los.”
Lc 4.39

A sogra de Pedro estava ardendo em febre, prostrada numa cama. Os discípulos falaram com Jesus a respeito dela. Ele foi ao seu encontro, tomou-a pela mão e a febre a deixou, passando ela a servi-los. Nós devemos contar para Jesus aquilo que nos aflige. Quando ficamos doentes procuramos um médico. Quando temos problemas com a lei procuramos um advogado. Quando precisamos de ajuda, procuramos um amigo, mas acima de tudo e em qualquer circunstância, devemos procurar o Senhor Jesus.

A cura da sogra de Pedro foi imediata e total. Nenhuma enfermidade pode resistir ao poder de Jesus. Ele curou o homem possesso na sinagoga, num ambiente religioso, curou a sogra de Pedro em casa, num ambiente familiar, e também uma multidão na rua, num ambiente aberto. A doença, o vento e o mar ouvem a sua voz. Os anjos obedecem às suas ordens. Os demônios não resistem à autoridade da sua voz. Ninguém pode resistir ao seu poder. Febre, ventos, ondas, tempestades, nada disso faz diferença para Jesus. Ele exerce completo controle no céu, na terra e debaixo da terra. Confie agora mesmo sua vida a ele!

Ore

Senhor, impelido pelas verdades de tua Palavra, quero apresentar-te tudo aquilo que me tem afligido, roubado minha paz e enfraquecido minha fé. Salva-me! Em nome de Jesus. Amém.

Cada Dia de Natal

segunda-feira, dezembro 19, 2011

JESUS RESSUSCITA A FILHA DE JAIRO

“Mas Jesus, ouvindo isto, lhe disse:
Não temas, crê somente, e ela será salva.” 
Lc 8.50

Depois de demonstrar seu poder sobre a tempestade, libertar um homem possesso e curar uma mulher enferma, Jesus revela seu poder sobre a morte, ressuscitando uma menina de 12 anos. O pai dessa menina é Jairo, o chefe da sinagoga. Era um homem religioso e de grande prestígio na comunidade. Seu dinheiro, popularidade e religião, porém, não puderam evitar aquele doloroso golpe. Jairo vê sua filha única sendo ceifada precocemente pela morte. Vai a Jesus, prostra-se a seus pés e pede ao Mestre para ir com ele à sua casa para curar sua filha.

Estavam ainda a caminho quando foi informado que sua filha já estava morta. Jesus lhe diz: “Jairo, não temas, crê somente”. Quando Jesus caminha conosco não precisamos ter medo de más notícias. Quando Jesus está conosco o solo da ressurreição prevalece sobre o coral da morte. Quando Jesus manifesta seu poder, a morte não tem a última palavra. Jesus ressuscitou a menina e a devolveu a seus pais. A alegria da vida triunfou sobre a tristeza da morte. Porque Jesus Cristo venceu a morte não precisamos mais ter medo do amanhã.

Ore

Ó Pai celeste, é entusiasmante saber que em tuas mãos está o poder sobre a vida e a morte. Por isso, não temerei, ainda que seja cercado por laços de morte. Em nome de Jesus. Amém.
 
Cada Dia de Natal

How He Love Us (Como Ele nos Ama) - Jesus Culture

Deus de Misericórdia

Clique na imagem e leia os versículos indicados!

domingo, dezembro 18, 2011

Jesus vem, você vai?

sexta-feira, dezembro 16, 2011

Louvarei na Tempestade - PG

JESUS ACALMA A TEMPESTADE

“Ele repreendeu o vento e disse ao mar: Acalma-te, emudece! O vento se aquietou, e fez-se grande bonança.” 
Mc 4.39

Depois de ensinar sobre as parábolas do reino, às margens do Mar da Galileia, Jesus ordenou aos seus discípulos a passarem para a outra margem. Quando estavam no meio da viagem, foram surpreendidos por uma furiosa tempestade. Eles ficaram alarmados e gritaram: “Mestre, não te importas que pereçamos?” Jesus despertou do sono, acalmou o mar, mandou o vento aquietar-se e confrontou os discípulos: “Por que vocês estão com medo? Por que vocês não têm fé?”.

Os discípulos deveriam ter fé e não medo por causa da ordem de Jesus para passarem para a outra margem e por causa da presença de Jesus Cristo com eles. Aquele barco não poderia naufragar com o criador dos céus e da terra. Depois que o mar se acalmou, os discípulos atônitos, perguntavam uns aos outros: “Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?” As tempestades da vida são inevitáveis, imprevisíveis, inadministráveis, mas também são pedagógicas. As tormentas não vêm para nos destruir, mas para nos fortalecer na fé. As tempestades são maiores do que nossas forças, mas estão totalmente sob o controle de Jesus.

Ore

Senhor, às vezes sinto-me como num barco atingido por grandes ondas e debaixo de intensa tempestade. Parece que vou naufragar. Sustenta-me, pois, e aumenta minha fé. Em Jesus. Amém.
Cada Dia de Natal

quinta-feira, dezembro 15, 2011

JESUS SE TRANSFIGURA NO MONTE

“E foi transfigurado diante deles; o seu rosto resplandecia como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz.”
Mt 17.2

Jesus subiu o monte para orar e levou consigo Pedro, Tiago e João. Enquanto orava, seu rosto se transfigurou e passou a brilhar como o sol e a sua roupa resplandecia como a luz. Moisés e Elias, em glória, apareceram e falavam com Jesus sobre sua partida para Jerusalém. A cruz era a agenda daquela conversa. Imediatamente, uma nuvem luminosa envolve os discípulos e do meio da nuvem saiu uma voz divina: “Este é o meu Filho amado, a ele ouvi”. Os discípulos estavam vendo milagres, mas não discerniram a centralidade da pessoa de Jesus nem sua missão redentora.

Eles estavam vendo milagres, mas porque lhes faltou discernimento, compararam Jesus apenas como Moisés e Elias, os representantes da lei e dos profetas. Porque Pedro falou sem pensar, o próprio Deus o corrigiu, mostrando a singularidade de seu Filho. Porque Jesus Cristo orou, seu rosto foi transfigurado. Pela oração Jesus deleitou-se no Pai e o Pai demonstrou seu prazer nele. Pela oração, Deus consolou Jesus antecipadamente e o preparou para marchar vitoriosamente para a cruz como um rei caminha para a sua coroação.

Ore

Santo Deus, abre os olhos do meu coração para que eu contemple a centralidade de Jesus em minha vida. Quero amá-lo, ouvi-lo e obedecê-lo em tudo. No nome de Cristo eu peço. Amém.

Cada Dia de Natal

Abra os olhos o meu coração - David Quinlan

JESUS CURA UM CEGO DE NASCENÇA

“Jesus fez lodo, untou-me os olhos e disse-me: Vai ao tanque de Siloé e lava-te. Então, fui, lavei-me e estou vendo.”
Jo 9.11

Jesus caminhando, viu um homem cego de nascença. Nascera num berço de trevas e durante toda a sua vida estava cercado de escuridão. Era visto pelos homens ou passaria despercebido. Os discípulos de Jesus especularam sobre as causas de sua cegueira, perguntando a Jesus quem havia pecado, ele ou seus pais. Jesus esvazia a curiosidade dos discípulos, afirmando: “Nem ele pecou nem seus pais; mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus”. Jesus curou esse cego de forma estranha.

Cuspiu na terra, e fez lodo com a saliva, aplicou-o aos olhos do cego e ordenou-lhe: “Vai e lava-te no tanque de Siloé. O homem foi, lavou e voltou vendo”. Jesus ainda hoje abre os olhos aos cegos. Ele é a luz que, vinda ao mundo, ilumina todo homem. Seus milagres apontam para a obra da redenção e ainda são pedagógicos. Jesus acabara de afirmar: “Eu sou a luz do mundo” (Jo 8.12). Agora, ele arranca um homem das trevas. Assim como há trevas físicas, também há escuridão moral e espiritual. Mas, Jesus Cristo agora mesmo pode abrir os olhos da sua alma e inundar seu coração de luz.

Ore

Deus, reconheço que tenho andado em cegueira. Frequentemente tropeço nas pedras do caminho e sou assolado pela escuridão das dúvidas e incertezas. Dá-me da tua luz. Em nome de Jesus.

Cada Dia de Natal

sexta-feira, dezembro 09, 2011

Rhythm (Ritmo) - Rob Bell

quinta-feira, dezembro 08, 2011

JESUS NA CASA DE MISERICÓRDIA


“Jesus, vendo-o deitado e sabendo que estava assim há muito tempo, perguntou-lhe: Queres ser curado?” 
Jo 5.6

Jerusalém estava em festa. As ruas estavam apinhadas de gente e o clima era de grande alegria. Mas, Jesus deixa a festa e vai para o Tanque de Betesda, a Casa de Misericórdia, onde havia uma multidão de enfermos. Ali havia pessoas doentes fisicamente e feridas emocionalmente. Nesse cenário de dor, Jesus Cristo identifica um homem paralítico que estava abandonado à sua própria sorte, havia trinta e oito anos. Jesus faz-lhe uma pergunta maravilhosa: “Queres ser curado?”. O homem responde com uma evasiva: “Eu não tenho ninguém”.

Jesus, então lhe dá uma ordem poderosa: “Levanta-te, toma o teu leito e anda”. O mesmo Jesus que dá a ordem também dá o poder para cumpri-la. “Imediatamente, o homem se viu curado e, tomando o leito, pôs-se a andar”. Não há doença incurável para o Médico dos médicos. Não há vida irrecuperável para Jesus. Ele cura, liberta, perdoa e salva. Talvez você esteja vivendo o drama do abandono, com a esperança morta, amassado emocionalmente, à espera de um milagre que se adia. Hoje mesmo Jesus Cristo pode mudar a sua sorte e dar a você paz e salvação eterna.

ORE

Senhor, tu és bondoso. Sinto-me como esse homem paralítico, sem esperança nos recursos da terra. Cura-me, Pai! Pois sob o poder da tua palavra tudo se transforma. Em nome de Jesus.
 
Cada Dia de Natal

Shekinah

O vocábulo “shekinah” não aparece na Bíblia, é uma transliteração da raiz hebraica “shkn” = habitar. Alguns estudiosos teêm o entendimento que o termo significa lugar da Habitação de Deus ou Lugar da Habitação da Glória de Yaweh. Shekiná (do hebraico שכינה derivado de sakan ou shachan – morar ou residir – transliterado também como Shekinah, Shechinah, Shekina, Shechina, Schechinah) é a palavra hebraica que designa a “presença divina”, especialmente no Templo de Jerusalém.

quarta-feira, dezembro 07, 2011

É tempo ...

MILAGRE DA ENCARNAÇÃO DO VERBO

“E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, 
cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória...” 
Jo 1.14

Há um só Deus. Ele subsiste em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Jesus é Deus. Ele não passou a existir quando se fez carne. Ele existe desde os tempos eternos; é o Pai da eternidade. O apóstolo João diz: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus”. Jesus é o Verbo de Deus e o Verbo é pessoal, eterno e divino. Esse mesmo Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade. Aquele que nem o céu dos céus pode contê-lo, esvaziou-se e foi concebido pelo Espírito Santo no ventre de Maria. Nasceu numa manjedoura, foi enfaixado em panos e cresceu em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens.

O eterno entrou no tempo, o infinito tornou-se finito e o Deus eterno vestiu-se de pele humana e desceu até nós, para nos resgatar da escravidão do pecado. O Natal nos aponta para aquele que desceu da glória, nasceu numa manjedoura, andou por toda a parte fazendo o bem, morreu numa cruz, mas ressuscitou e está assentado à direita de Deus Pai, de onde há de vir para julgar o mundo com justiça.

Ore

Senhor Deus, a encarnação de Jesus, sua vida, morte e ressurreição apontam para a maior prova de amor já demonstrada por ti à humanidade. Quero experimentar desse amor. Em Cristo. Amém.
Cada Dia de Natal

JESUS NA FESTA DE CASAMENTO

“Com este, deu Jesus princípio a seus sinais em
Caná da Galileia; manifestou a sua glória...”
Jo 2.11

O primeiro milagre de Jesus foi realizado em Caná da Galileia, numa festa de casamento. Naquela festa faltou vinho, símbolo da alegria. Às vezes, a alegria falta em nosso lar. Nessas horas, precisamos identificar o problema e levá-lo a Jesus. Foi o que Maria fez. Ela disse para Jesus: “Eles não têm mais vinho”. No tempo certo, dentro de sua agenda, Jesus deu uma ordem aos serventes: “Enchei de água as talhas”. Eles obedeceram prontamente. Jesus, então, deu outra ordem: “Tirai agora e levai ao mestre-sala”.

Quando este provou a água transformada em vinho, chamou o noivo e disse: Você quebrou o protocolo. O nosso costume é primeiro servir o bom vinho e depois o vinho inferior, mas você guardou o melhor vinho até agora. Quando Jesus realiza um milagre, o melhor sempre vem depois. Jesus ainda transforma água em vinho, tristeza em alegria, fraqueza em poder, fracasso em triunfo. Por intermédio desse milagre, Jesus manifestou sua glória e seus discípulos creram nele. Hoje mesmo Jesus pode, também, fazer um milagre em sua vida, em seu casamento e em sua família.

Ore

Deus todo-poderoso, submeto-me à tua vontade. Coloco-me à disposição do teu querer e do teu tempo. Contudo, deixo perante o teu altar meu pedido de socorro. Em nome de Jesus. Amém.
Cada Dia de Natal

segunda-feira, dezembro 05, 2011

OS ANJOS VISITAM OS PASTORES

“É que hoje vos nasceu, na cidade de Davi,
o Salvador, que é Cristo, o Senhor.”
Lc 2.11

O nascimento de Jesus foi primeiramente proclamado aos pastores que guardavam os seus rebanhos nos campos de Belém. O anjo apareceu-lhes e a glória de Deus brilhou ao redor deles. Ficaram tomados de grande temor. O anjo, porém, lhes disse: “Não temais; eis aqui vos trago boa nova de grande alegria, que o será para todo o povo: é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor”. A mensagem angelical enfatizou três verdades sublimes sobre o Natal:

Jesus é o Salvador do mundo. Não há salvação em nenhum outro nome. Só Jesus Cristo salva. Só ele é o mediador entre Deus e os homens. Também Jesus é o Cristo, o Messias, o prometido e o desejado de todas as nações. Foi prometido na eternidade, anunciado pelos patriarcas e profetas, e na plenitude dos tempos desceu do céu à terra para nos resgatar dos nossos pecados. Finalmente, Jesus é o Senhor. Aquela criança que nasceu na manjedoura, cresceu numa carpintaria, morreu numa cruz, deixou seu túmulo aberto, voltou ao céu e está à direita de Deus Pai reinando soberanamente em todo o universo.

Ore

Pai amado, obrigado por me fazer entender que abaixo do céu não existe nenhum outro nome pelo qual importa que seja salvo, exceto no nome de Jesus. Em quem oro. Amém.

Cada Dia de Natal

domingo, dezembro 04, 2011

A NOITE EM QUE O SOL NASCEU

“E ela deu à luz o seu filho primogênito,
enfaixou-o e o deitou numa manjedoura...” 
Lc 2.7

Deus moveu o império romano para que a profecia do nascimento de Jesus se cumprisse. O profeta Miquéias havia anunciado que Jesus nasceria em Belém da Judeia, mas José e Maria moravam em Nazaré da Galileia. O recenseamento exigido pelo imperador Cesar Augusto, desabala José e Maria do Norte para o Sul e ao chegarem a Belém não havia mais lugar para eles nas pensões da cidade. Como chegara o dia de Maria dar à luz a seu filho primogênito, o único lugar que encontraram foi uma manjedoura.

Ali no campo, entre os animais, nasceu o Filho de Deus, o Salvador do mundo, o Cordeiro imaculado. Nasceu não num palácio, mas numa estrebaria; não num berço de ouro, mas num berço de palha; não sob os holofotes da fama, mas em pobreza extrema. Quando Jesus nasceu em Belém houve luz à meia-noite. Nascia o Sol da Justiça. Os céus festejaram efusivamente e a terra celebrou esse glorioso acontecimento. Os céus se cobriram de anjos que proclamaram: “Glória a Deus nas maiores alturas e paz na terra entre os homens a quem ele quer bem”. O Natal é a festa do nascimento de Jesus, o Rei dos reis!

Ore

Louvado sejas, ó Deus de infinita misericórdia! Pois enviaste teu único filho para nascer e viver de forma humilde. Sendo rico se fez pobre. E tudo isso por amor a mim. Em nome de Jesus.
Cada Dia de Natal

O Único Caminho para o Céu

Só existe um único caminho que pode nos levar ao Céu, e é o de aceitarmos os termos divinos, que Deus tão graciosamente nos explicou em Seu próprio livro, a Bíblia.

Muitos confiam em sua própria capacidade de reforma, educação e determinação. Outros ainda creem que é preciso ser batizado, confirmado, ou que é preciso filiar-se a uma igreja para merecer o favor de Deus.

Mas quando examinamos a Palavra de Deus ficamos sabendo que nenhuma dessas coisas jamais fornecerá os meios de entrada no Céu. Somos especificamente informados que não é por obras de justiça que tenhamos praticado (para dizer a verdade, a Bíblia declara que toda a nossa justiça não passa de trapos de imundícia aos olhos de Deus). Que coisa repugnante deve ser para deus quando nós tentamos Lhe oferecer nossos feitos em troca da vida eterna.

Vejamos agora quais são realmente os termos divinos.

Primeiro, tenhamos a certeza de que basta um simples pecado para fazer um pecador. Estabelecido este fato, não será difícil concordar com as declarações das Escrituras, que à vista de Deus não existe NINGUÉM que seja justo, e que TODOS são pecadores, pois certamente ninguém teria a coragem de declarar que jamais cometeu uma transgressão contra o Senhor Deus.

Não se torna necessário dizer que nenhum pecador jamais pode esperar entrar no Céu coberto com os seus pecados, pois  o pecado jamais será encontrado nesse bendito lugar. Deus nos ama, apesar do fato de sermos pecadores por natureza, mas Ele odeia o pecado, e o pecado sempre tem constituído uma barreira entre o Deus justo e o homem pecador.

A grande pergunta, portanto, é a questão do pecado. Como pode um Deus santo receber um pobre pecador em Sua celestial presença?

Deus e Deus somente era o único que poderia resolver tão grande problema. Seu grande amor fê-lO enviar Seu único Filho, o Senhor Jesus Cristo, para tomar o lugar do pecador no juízo. Foi necessária Sua morte sacrificial para pagar o terrível preço do pecado. O Senhor Jesus tornou-se pecado por nós para que nós pudéssemos ser feitos justiça de Deus n'Ele.

Você não quer vir Àquele que tirou o pecado do mundo? Venha exatamente como está, sem justificativas, a não ser que o Seu sangue foi derramado por você. Não confie em nenhuma obra ou atitude de bondade que você mesmo tenha praticado, mas confie apenas na obra do Calvário que foi consumada, onde o Senhor Jesus Cristo ofereceu o sangue da Sua vida por você.

Ele e tão somente Ele é o único Caminho para o Céu.

Jesus disse: "Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim." João 14:6. "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porquanto Deus enviou o seu Filho (o Senhor Jesus Cristo) ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem nele crê não é julgado." João 3:16, 17 e 18.

Extraído - Sociedade Brasileira de Folhetos

At the Cross (Diante da Cruz) - Hillsong United

sábado, dezembro 03, 2011

5 pães e 2 peixinhos - Quatro por Um

JESUS ALIMENTA UMA MULTIDÃO

“Vendo, pois, os homens o sinal que Jesus fizera, disseram: Este é, verdadeiramente, o profeta que devia vir ao mundo.”
Jo 6.14

Os discípulos estavam de férias. Estavam muito cansados e foram para um lugar deserto para renovar as forças. Mas, quando chegaram, uma multidão já havia descoberto o plano e estava lá aguardando a Jesus. Ao ver aquela numerosa multidão, Jesus sentiu compaixão porque as pessoas estavam exaustas e eram como ovelhas sem pastor. Além das férias frustradas, Jesus ainda diz a seus discípulos: “Dai-lhes vós mesmos de comer”. Os discípulos olhando as circunstâncias pelos óculos da razão, disseram: o lugar é ermo e, além disso, não temos dinheiro.

No meio da multidão havia um garoto prevenido. Trazia consigo cinco pães e dois peixinhos. Jesus tomou aquela pequena provisão, ergueu os olhos aos céus e deu graças. Imediatamente cestos e mais cestos cheios de pães e peixes estavam sendo multiplicados e toda a multidão comeu e se fartou, sobejando ainda doze cestos. Jesus ainda faz milagres. Em suas mãos o nosso pouco pode alimentar uma multidão. Ele ainda alimenta os famintos. Jesus é o Pão da Vida, a provisão divina para a nossa alma e só ele pode saciar a fome do nosso coração.

Ore

Deus, tenho buscado saciar a minha fome de alegria, paz, felicidade em outras fontes. Mas neste momento quero experimentar exclusivamente da tua provisão em Cristo. Nele eu peço. Amém.

Cada Dia de Natal

Atitudes Cotidianas - Paul Washer

sexta-feira, dezembro 02, 2011

O NASCIMENTO DE JOÃO BATISTA

“Porque para Deus não haverá impossíveis
em todas as suas promessas.”
Lc 1.37

Zacarias era sacerdote e Isabel, sua mulher, prima de Maria. Eles sempre pediram a Deus um filho, mas já estavam velhos e nada de o filho chegar. Quando já haviam perdido a esperança, o anjo Gabriel aparece a Zacarias no templo e o informa que sua mulher daria à luz a um filho, a quem daria o nome de João. Este seria grande diante do Senhor, cheio do Espírito Santo desde o ventre, e converteria muitos dos filhos de Israel ao Senhor, pois seria o precursor do Messias.

Se Deus parece ter chegado adiantado a Maria, pois não era ainda casada, parece que chegou atrasado a Isabel, pois já estava avançada em idade. Mas, o mesmo Deus que realiza o milagre do nascimento virginal de Jesus, abre também o ventre de Isabel para conceber João Batista. O Deus todo-poderoso é quem realiza esse duplo milagre na preparação do Natal. O anjo Gabriel mui apropriadamente, diz a Maria: “Porque para Deus não há impossíveis em todas as suas promessas”. O mesmo Deus que operou maravilhas no passado pode também fazer maravilhas hoje e isso em sua vida!

Ore

Pai, sei que tudo podes e nenhum dos teus planos pode ser frustrado. Portanto, estende a tua mão, toca o meu coração, age e faz um milagre em minha vida. Em nome de Jesus. Amém.

Cada Dia de Natal

O que é ser verdadeiramente um discípulo e igreja

quinta-feira, dezembro 01, 2011

MILAGRE DA ANUNCIAÇÃO A MARIA

“Eis que conceberás e darás à luz um filho,
a quem chamarás pelo nome de Jesus.”
Lc 1.31

O nascimento de Jesus foi anunciado pelo anjo Gabriel à jovem Maria, em Nazaré da Galileia. Deus escolheu uma jovem pobre, de uma cidade pobre para ser a mãe do Salvador. Deus escolhe as coisas fracas para envergonhar as fortes. Maria devia ser muito jovem e ainda não tinha casado. Quando recebeu a visita do anjo Gabriel ficou alarmada. Quando soube que havia sido agraciada por Deus para ser a mãe do Salvador de seu povo, quis saber como seria isso, pois não tinha relação com homem algum.

O anjo lhe explica que a sombra do Altíssimo a envolveria e que ela conceberia por obra do Espírito Santo, de tal forma que seu filho seria o Filho do Altíssimo. Maria, humildemente, diz: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se segundo a sua vontade”. Deus parece que chegou adiantado em Nazaré, pois escolheu uma jovem ainda não casada para ser a mãe de Jesus. Maria, porém, está disposta a enfrentar preconceito e ameaça, pois poderia ser abandonada pelo noivo e até mesmo apedrejada pelo povo. Mas, ela não teme. Ao contrário, crê em Deus e o Senhor a exalta.

Ore

Senhor Deus, as tuas promessas nunca falham! Dá-me, pois, a mesma fé inabalável demonstrada por Maria diante da obra que tu tens de realizar em minha vida. Em nome de Jesus. Amém.
Cada Dia de Natal 

God is not a white Man - Gungor