segunda-feira, maio 28, 2012

Estágios de uma transformação


sábado, maio 19, 2012

Aos olhos do Pai


Aos olhos do Pai - Diante do Trono

terça-feira, maio 15, 2012

Que tipo de Cristão você tem sido?

segunda-feira, maio 14, 2012

Jesus o único caminho!!!!


sábado, maio 12, 2012

Mãe, uma pessoa influenciadora

O estadista americano, Abraão Lincoln, décimo sexto presidente dos Estados Unidos, afirmou que as mãos que embalam o berço, governam o mundo. Mesmo tendo perdido sua mãe muito cedo, Lincoln disse que tudo o que era e tudo o que viria a ser devia à sua mãe. John Maxwell, o maior expoente sobre liderança cristã, na atualidade, afirmou que liderança é, sobretudo, influência. Ser mãe é ser líder, pois ninguém influencia os filhos mais do que as mães. A mãe carrega os filhos no coração, no ventre, nos braços, no bolso, nos sonhos. Em face disso, quero destacar quatro pontos importantes:

1. Mãe, uma pessoa que influencia os filhos pela oração – Muitas mães influenciaram decisivamente a vida de seus filhos pela oração. Ana orou por Samuel antes dele nascer e o consagrou a Deus depois que ele nasceu. A mulher Cananéia não desistiu de rogar a Jesus por sua filha e prevaleceu pela oração. Mônica orou por Agostinho trinta anos até vê-lo salvo. Ambrósio disse mais tarde que um filho de tantas lágrimas não poderia se perder. Suzana Wesley, mesmo tendo dezenove filhos, dos quais apenas nove chegaram à fase adulta, tirava uma hora por dia para interceder pelos filhos. Essa mãe orou pelo reavivamento espiritual da Inglaterra e Deus levantou seu próprio filho João Wesley para dar início àquele despertamento. Hoje, precisamos de mães que ousem interceder pelos seus filhos e que jamais abram mão de vê-los no altar do Senhor.

2.
Mãe, uma pessoa que influencia os filhos pelo ensino da Palavra – A mãe é uma educadora. A palavra da sabedoria e a instrução da verdade devem estar em seus lábios. Eunice e Lóide ensinaram a Timóteo as sagradas letras desde a sua infância. Essas sagradas letras o tornaram sábio para a salvação. Joquebede ensinou Moisés em sua infância e ele veio a se tornar o maior líder da história de Israel. A Palavra de Deus diz que esse ensino precisa ser respaldado pelo exemplo, uma vez que o exemplo não é apenas uma forma de ensinar, mas a única maneira eficaz de fazê-lo. Antes de inculcar nos filhos a Palavra, essa Palavra precisa estar em nosso coração. Precisamos de mães educadoras, de mães que invistam tempo no ensino da Palavra a seus filhos.

3. Mãe, uma pessoa que influencia os filhos pela piedade – Há muitas pessoas que têm um alentado conhecimento da Palavra, mas não são piedosas. Há outras que têm uma agenda robusta de oração, mas são desprovidas de piedade. Precisamos de mães firmes na Palavra, comprometidas com a oração, mas, também, mães que reflitam na vida a beleza de Cristo. Precisamos de mães que transformem conhecimento em vida, teologia em piedade, mães que sejam cheias do Espírito Santo. Precisamos de mães que sejam prudentes no falar, irrepreensíveis na conduta, sensatas no agir e paradigma dos fiéis na santidade. Precisamos de mães que influenciem seus filhos a andar com Deus.

4.
Mãe, uma pessoa que influencia os filhos pela correção – Muito embora, a disciplina dos filhos seja da responsabilidade do pai, a mãe também exerce com legitimidade essa função. Uma mãe nem sempre dá aos filhos o que eles querem, mas o que eles precisam. O papel da mãe como educadora não é agradar sempre os filhos, mas prepará-los para a vida, ensinando-os a amar a Deus e a serem responsáveis na vida. A disciplina é um ato responsável de amor. A disciplina pode no momento trazer lágrimas e dor, mas ao fim produz os frutos da justiça. A mãe precisa corrigir os filhos também preventivamente, alertando-os para os perigos que os cercam. Como a águia, a mãe deve colocar o ninho dos seus filhos nos lugares altos, longe dos predadores (Jó 39.27,28).

Rev. Hernandes Dias Lopes

A importância de ser mãe

Mães que tiveram filhos que marcaram a história

Atitudes de mães que educaram filhos que influenciaram a história mundial com a mensagem de salvação, amor e paz por meio de Jesus Cristo.

Susana Wesley


Teve 19 filhos, mantinha a disciplina nos horários em casa, ensinava seus filhos a confessar seus erros e não os punia por isso mas agradecia a honestidade. Ela sempre recompensava a obediência e todas as manhãs e noites realizava orações com a família.
 




 Seu filho foi John Wesley, um dos principais personagens responsável pela expansão do cristianismo na Europa no século XVIII. John Wesley era conhecido como cavaleiro de Deus por percorrer quilômetros evangelizando.



Alberta King

 

Trabalhou duro para incutir auto respeito em seus 3 filhos e incentivava-os a estudar ler e serem dependentes de Deus em tudo.

 




 Seu filho foi Martin Luther King Jr., um pastor protestante que foi um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros nos EUA e no mundo ele foi a pessoa mais jovem a receber o prêmio Nobel da paz por fazer campanhas não a violência e amor ao próximo.
 


Florence Lewis

 
Cristã anglicana, incentivou os filhos a gostarem de livros, criando uma biblioteca seleta e particular da família. Incentivou seu filho a estudar francês e latim e despertava a criatividade dos filhos com ensinamentos de histórias da Bíblia.

 



Seu filho foi Cliff Lewis, conhecido como C.S. Lewis, um teólogo poeta e escritor britânico que se destacou por trabalhos acadêmicos sobre apologética cristã e foi autor de obras literárias entre elas a série de livros infanto-juvenis as crônicas de Nárnia, após passar anos se atuo considerando ateu voltou a fé cristã e dedicou sua vida a defendê-la. Devido a sua popularidade entre grandes pensadores e cientistas do século 20 ele é respeitado até pelos que não concordam com a sua abordagem.
 

Marrow Graham
 
Orava incessantemente pelos seus filhos e ensinava-os a ler a Bíblia incentivou a leitura de livros cristãos e ensinou a importância dos filhos valorizarem o trabalho e viverem com os recursos financeiros limitados que possuíam na época.

 
Seu filho foi Billy Graham, um pregador batista norte americano que evangelizou o mundo por meio das cruzadas que organizou, foi conselheiro espiritual de vários presidentes americanos e um dos primeiros evangelistas a utilizar os veículos de comunicação em massa para evangelização mundial. 

Hoje aos 93 anos ainda escreve e é conselheiro do filho Franklim Graham que dirige a associação evangelística Billy Graham.


"Quem teve uma boa mãe nunca pode dizer que foi pobre." - Martim Luter King

"Um filho nunca é probre se tem uma mãe que ora por ele." - Abraão Lincoln
Assista na íntegra o programa Mulher Vitoriosa especial para o Dia das Mães: "A importância de ser mãe"


quinta-feira, maio 10, 2012

A Missão Integral da Igreja - Ariovaldo Ramos

" O desafio de pensar na relevância da igreja de Jesus Cristo e do seu papel no mundo" 

"1 E Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos;

2 E, abrindo a sua boca, os ensinava, dizendo:

3 Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;

4 Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;

5 Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;

6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;

7 Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;

8 Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;

9 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;

10 Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;

11 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.

12 Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.

13 Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.

14 Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;

15Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.

16 Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus." Mateus 5:1-16

Sal da Terra

A igreja é o sal da Terra e a luz do mundo.

O sal impede a deterioração, conserva. Não podemos perder o sabor, não podemos perder o caráter. 

O caráter detem o mal, o avanço da maldade, não compactua com a maldade.

Sem  caráter não há luz. O caráter é o fruto da presença do Senhor em nossas vidas.

Os demônios reconheciam que Jesus era o filho do Altíssimo pois ao olhar para Ele os demônios não encontravam espaço, não encontravam brecha, pois Ele era cheio do Deus Pai.

O Espírito Santo nos dá o caráter incorruptível

Luz do mundo

Luminosidade, somos a Luz do mundo, através de Cristo somos a luz que ilumina a humanidade.

Nossas vidas devem iluminar os lugares onde estamos, todos temos a missão de iluminar o mundo, como comunidade e como pessoas, através de boas obras, fazendo a maldade retroceder.

O mal retrocede quando fazemos nossa luz brilhar, através de nossas obras, e através de nossas boas obras engrandecer ao nome de Deus.

Missão da igreja - Pregar
Missão do Espírito santo - Converter os corações

As boas obras da igreja devem ser vistas por todos!

Quais são as boas obras que Deus, de antemão nos preparou para que andassemos nela? A natureza de Deus em nós: as bem-aventuranças.

Os bem-aventurados são felizes!

 A Bíblia não nos dá o conceito de felicidade, mas descreve o tipo de pessoa que é feliz:
  1. Porque Deus governa a igreja -  o Espírito nos faz ser humildes de espírito, o que nos faz conhecer nossa pequenes.
  2. Porque o Espírito nos consolará - quando nos tocar, tornando-nos empáticos, quando tivermos empatia pelo sofrimento dos homens, fazendo nosso choro ativo.
  3. Porque vamos herdar a Terra - o Espírito Santo nos fará mansos, para repartirmos tudo, não sonegando nada.
  4. Porque seremos fartos de justiça - o Espírito santo nos fará ter sede de justiça.
  5. Porque alcançaremos misericórdia - o Espírito Santo fará com que tenhamos misericórdia.
  6. Porque veremos a Deus - O espírito Santo irá limpar nossos corações, pois só tem coração limpo quem perdoa.
  7. Porque seremos cheios do Espírito de Deus - o Espírito Santo nos fará pacificadores.
  8. Proque o Reino de Deus será conosco - o Espírito Santo nos dará fibra para suportar as perceguições. E quando o mundo vir a nossa resistência iluminará a cidade.
  9. Porque receberemos o galardão - seremos perceguidos por causa de Deus, suportando em silêncio.
Ser feliz não é uma questãiode receber, é uma questão de doar, isto é missão integral, para que as pessoas passem a perguntar como se faz para ser igual a nós.

A igreja é a agência de Deus.

Ariovaldo Ramos
A Missão Integral da Igreja
Rio Claro/SP  02/04/2012


Para ouvir a mensagem na íntegra clique sobre os links a seguir para o download do áudio:
 
Ariovaldo Ramos - A Missão Integral da Igreja - Parte I  

 Ariovaldo Ramos - A Missão Integral da Igreja - Parte II

terça-feira, maio 01, 2012

Entregar é oferecer sacrifícios!

Escrevendo estas linhas recebi um e-mail de Santarém do Pará. Meu amigo encontrou na prisão um homem cujo apelido é Sansão. Diz meu amigo Reinaldo, que o tamanho do homem combina com seu apelido.

Certo dia "Sansão" acabava de fazer algo errado e procurava desaparecer da cidade.

Esperando pela hora do embarque viu alguém murmurar quase gemendo: ah, ah, ah ... e descobriu um homem mudo, que agitava uma Bíblia na mão e apontava para ela.

Era um evangelista surdo-mudo que cutucava as pessoas, mostrava para a Bíblia, e "falava": Ah! Ah!

Sansão assistiu aquela cena e logo foi preso. Na cadeia aquela imagem não saia mais de sua mente, lembrando o surdo-mudo "pregar" a Palavra de Deus.

Este gesto fez Sansão reavaliar a sua vida e se culpava dizendo: "Eu tenho um corpo perfeito e o uso para fazer o mal, enquanto aquele deficiente com suas limitações, anuncia o evangelho." Esta pregação sem palavras, foi decisiva para a vida de Sansão.


Se você decide entregar seu caminho ao Senhor, deve estar disposto a oferecer sua vida como sacrifício para servir a Deus.

Não entregue seu caminho a Deus querendo ficar de braços cruzados. Ofereça seus braços sadios ou deficientes, para servir a Deus e certamente você sentirá que "o mais o Senhor fará!

É inútil procurar o socorro de Deus sem estar disposto a oferecer sacrifícios que transformam nossas vidas em bençãos para outros.

Extraído - Ecos da Liberdade